Menu Mobile

Santa Maria: após pedido de fiscalização do MP, Vigilância Sanitária autua e interdita uma sala de testagem e uma farmácia

Santa Maria: após pedido de fiscalização do MP, Vigilância Sanitária autua e interdita uma sala de testagem e uma farmácia

flaviaskb

Após novo pedido de fiscalização do Ministério Público do Rio Grande do Sul para fins de acompanhamento de recomendação exarada no início da pandemia quanto à adequação de estabelecimentos farmacêuticos aos cuidados sanitários de enfrentamento da Pandemia, em especial, observância à vedação de aglomerações, a Vigilância Sanitária de Santa Maria autuou e interditou em 15 de março uma farmácia e uma sala de testagem de outro estabelecimento por descumprimento de exigências regulamentares. A determinação para os locais farmacêuticos, que estão na linha de frente no combate à pandemia de coronavírus, é ter responsabilidade crucial para a proteção à saúde da população. Apesar disso, os fiscais identificaram elementos de prova de aglomeração na Farmácia, ausência de tempo hábil para higienização adequada do ambiente pré e pós-atendimento ao cliente e descumprimento de normas técnicas referentes aos procedimentos para testagem de Covid-19.

A recomendação foi feita pela promotora de Justiça Giani Pohlmann Saad, que solicitou essa nova rodada de fiscalização em março deste ano para a proteção da comunidade e não contágio da doença. Na peça, a promotora ressalta que "toda a atenção na fiscalização das atividades quanto ao cumprimento das regras sanitárias de enfrentamento à Pandemia Covid-19 são muito importantes, inclusive pelo caráter pedagógico e preventivo que promovem".