Menu Mobile

Gramado: Parque dos Pinheiros tem registro aprovado no Sistema Estadual de Unidades de Conservação

Gramado: Parque dos Pinheiros tem registro aprovado no Sistema Estadual de Unidades de Conservação

flaviaskb

O Parque Natural Municipal dos Pinheiros, em Gramado, teve seu registro validado no cadastro do Sistema Estadual de Unidades de Conservação. Sua inserção possibilitará ao município acessar recursos e o ICMS Ecológico Estadual junto à Câmara Estadual de Compensação Ambiental. Além de receber da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura apoio técnico e acompanhamento na implementação da Unidade de Conservação.

A criação da primeira Unidade de Conservação do município teve origem em termo de compromisso de ajustamento firmado em junho de 2019 entre MP e Município de Gramado, tendo como objeto a criação da unidade, com a finalidade de promover a conservação e o equilíbrio ecológico da área.


Saiba mais:
Gramado: Parque dos Pinheiros agora é Unidade de Conservação

MP e Município firmam acordo para criação da primeira Unidade de Conservação de Gramado


Conforme o promotor Max Guazzelli, o Parque dos Pinheiros apresenta grande diversidade de ecossistemas de fauna, flora, recursos hídricos e, especialmente, uma beleza paisagística única. “A criação da UC irá garantir a manutenção desse ecossistema e a conservação da biodiversidade, fomentando políticas públicas de cunho preservacionista, pesquisas acadêmicas, educação ambiental continuada e integração da comunidade”, destacou o promotor.

Agora, o Município realizará a inclusão do Parque dos Pinheiros no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação, o que possibilitará sua inserção nas políticas públicas nacionais de conservação e oferecerá visibilidade para a Unidade de Conservação concorrer a editais de fundos nacionais e internacionais de meio ambiente.

Os próximos passos incluem, também, a regulamentação do Conselho Consultivo do Parque e a elaboração do plano de manejo, documento que estabelecerá as diretrizes, normas, programas e ações necessárias para o atendimento dos objetivos da Unidade de Conservação.

Para Max Guazelli, “é de grande importância o registro da Unidade de Conservação, bem como o trabalho desenvolvido pelo Município de Gramado, em especial, dos profissionais de sua Secretaria de Meio Ambiente, em prol da conservação de tão importante área ambiental da Mata Atlântica, com benefícios futuros de tal iniciativa, dando efetividade aos compromissos assumidos entre o Município e o MPRS”.

Devido às medidas de prevenção e combate à pandemia da Covid-19 e em função dos riscos de contágio, a visitação ao parque está suspensa por tempo indeterminado.