Convênio possibilitará modernização do tratamento de esgotos de Gramado

Convênio possibilitará modernização do tratamento de esgotos de Gramado

flaviaskb

Com o objetivo de modernizar o tratamento de esgotos de Gramado, foi assinado na tarde desta quarta-feira, 12, convênio entre a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), Município e empreendedores imobiliários locais.

O documento prevê a desativação da Estação de Tratamento de Esgotos existente, que deverá ser substituída por outra mais moderna. A Corsan fornecerá os materiais para as redes coletoras e as elevatórias, e em contrapartida os empreendedores executarão as obras civis e de infraestrutura necessária, num investimento na ordem de R$ 5 milhões. Já a prefeitura de Gramado auxiliará na regularização das licenças de obras dos empreendimentos e nas licenças necessárias. O prazo de execução dos trabalhos é de seis meses.

Conforme o promotor Max Roberto Guazzelli, que intermediou o acordo, o convênio traduz a união de esforços do poder público e da iniciativa privada, possibilitando o efetivo tratamento de esgotos para parte da cidade de Gramado, com a edificação de estação de tratamento de elevada eficiência e rede. Por outro lado, libera empreendimentos da construção e operação de ETEs individuais.

“Os ganhos ambientais são imensos, pois possibilitará a redução significativa de esgotos que hoje caem nos recursos hídricos que levam ao lago do Parque dos Pinheiros”, destacou o promotor. Ainda de acordo com ele, essa iniciativa abrirá o caminho para a edificação futura de novos ramais de rede nos bairros que cercam a bacia hídrica do Parque. “Como a região possui muito mais de uma centena de nascentes identificadas e georreferenciadas e importantes arroios, conforme mapeamento feito em IC da Promotoria de Justiça de Gramado, se pararmos de lançar irregularmente esgotos nesses recursos hídricos, em pouco tempo o lago do parque estará completamente limpo”, acredita ele, lembrando que o Parque dos Pinheiros já se encontra aberto para a visitação gratuita, tendo sido assinado acordo entre o MP e o Município de Gramado para a criação de Unidade de Conservação.

Para o diretor de Operações da Corsan, Eduardo Carvalho, o Ministério Público tem sido parceiro em diversas ações que visam a melhoria de questões ambientais, de saúde, urbanismo, dentre outras. “O MP vem buscando soluções viáveis econômica e tecnicamente por meio de alternativas criativas que busquem a integração de todas as partes interessadas e que possam exatamente ter como beneficiária a sociedade”, destacou ele.

Já o prefeito de Gramado, João Alfredo Bertolucci, ressaltou a ação empresarial local e o esforço da Corsan em solucionar questões emergenciais. “Implantar esgotamento sanitário é deixar um ambiente mais saudável para nossos filhos”, ressaltou por fim.

Também estiveram presentes na assinatura do convênio, ocorrido na Prefeitura de Gramado, o gestor da Unidade de Saneamento Especial das Hortênsias, Ermógenes Bodanese, e o diretor de Expansão da Corsan, Julio Hofer, além de representantes dos empreendedores imobiliários.