Acordo garante restauração da Casa Azul, no centro de Porto Alegre

Acordo garante restauração da Casa Azul, no centro de Porto Alegre

flaviaskb

Em audiência judicial ocorrida nesta segunda-feira, 10, foi firmado acordo para a resolução do impasse sobre o imóvel conhecido como Casa Azul, localizada no centro de Porto Alegre. A casa, de estilo neoclássico, construída entre os anos de 1870 e 1880, deverá estar restaurada em seis meses a partir do início das obras. O imóvel, inventariado como de interesse histórico pelo município, fica na esquina das ruas Riachuelo e Marechal Floriano.

Conforme o acordo, a recuperação do imóvel será custeada por parte de valor bloqueado na Comarca de Viamão em outro processo que envolve os herdeiros do antigo proprietário, que passam a ter a posse do imóvel novamente se cumprido o acordo.

O cronograma prevê que sejam liberados alvarás mensalmente com valores pré determinados, conforme o cumprimento de cada etapa do projeto.

“O acordo viabilizará a recuperação de um imóvel protegido, cujo estado atual, com risco de desabamento, vinha causando diversos transtornos, como desvios no trânsito, por exemplo”, explica o promotor do Meio Ambiente de Porto Alegre Alexandre Saltz.

A Casa Azul está listada, desde 2008, como patrimônio histórico de estruturação - considerado de interesse e merecedor de conservação e manutenção de suas características. Havia, desde então, um impasse entre os herdeiros do imóvel e a Prefeitura de Porto Alegre, que jogavam um ao outro a responsabilidade de restaurar e manter a casa.