Menu Mobile

Exploradores de jogo do bicho são condenados a pagar mais de R$ 500 mil de indenização por danos sociais

Exploradores de jogo do bicho são condenados a pagar mais de R$ 500 mil de indenização por danos sociais

flaviaskb

A Justiça de Rio Grande acolheu o pedido do MP em ação civil pública e condenou dois homens que exploravam o jogo do bicho na cidade a pagarem R$ 500 mil por danos sociais, com juros de 1% ao mês a partir da data da primeira apreensão de documentos e objetos relacionados à prática do jogo de azar, ocorrida em 08 de julho de 2013. Também deverão pagar multa de R$ 100 mil por cada um dos pontos de jogo relacionados a eles, bem como indenização por danos materiais e morais causados aos cidadãos individualmente lesados. Esses valores serão apurados em liquidação de sentença.

Conforme as investigações, realizadas pelos promotores de Justiça José Alexandre Zachia Alan e Adriano Zibetti, os agora condenados Luciano da Silva Elesbão e Claudemar Taveiro Elesbão eram chefes de uma organização criminosa que praticava o jogo do bicho em diversos locais da cidade. O MP apurou que eles mantinham funcionários atuando em pontos de exploração de jogo, que disponibilizavam seus nomes e contas bancárias para a movimentação de dinheiro angariado pelo grupo. Os réus também utilizavam as contas de uma revenda de carro para a lavagem do dinheiro proveniente do jogo. Eles também respondem a um processo criminal pelos crimes de exploração de jogo de azar e lavagem de dinheiro.