Menu Mobile

Assembleia Legislativa assina termo para adesão ao Projeto Plástico Zero

Assembleia Legislativa assina termo para adesão ao Projeto Plástico Zero

flaviaskb

Em cerimônia ocorrida na tarde desta quinta-feira, 30, a Assembleia Legislativa assinou termo de cooperação com o Ministério Público para adesão ao Projeto Plástico Zero. Assinaram o documento o procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazzen, e o coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente, Daniel Martini, e o presidente da Assembleia Legislativa, Luís Augusto Lara.

O termo prevê a colaboração técnica da Instituição para que, seguindo o exemplo da Ordem de Serviço publicada pelo MP no início deste mês, a AL promova a substituição de copos e utensílios descartáveis produzidos com matéria prima derivada do petróleo por materiais reutilizáveis ou biodegradáveis para o consumo de bebidas e alimentos no âmbito da AL, além de ações conjuntas e socialização de projetos voltados a ações socioambientais.


Leia mais:
MP deixará de adquirir copos e utensílios plásticos


Para Dallazen, a adesão da Assembleia deverá contribuir com a promoção da mudança de cultura no estado. “O termo representa a conjunção de esforços no caminho para ações ambientalmente corretas e sustentáveis”, disse o PGJ.

“A ação parece singela, mas é grandiosa”, disse o presidente da AL, afirmando que pretende divulgar a iniciativa para fomentar a adesão de câmaras e prefeituras municipais de todo o estado.

Conforme Daniel Martini, o MPRS é o primeiro no país com um plano de gerenciamento de resíduos sólidos aprovado pelo órgão ambiental estadual. “Uma das metas do plano é a redução do uso do plástico”, explicou o Promotor, que também preside a Comissão Institucional Permanente de Gestão Ambiental do MPRS – Verde MP, idealizadora do Projeto Plástico Zero.