Menu Mobile

Encantado: Promotora participa do 1º Seminário Regional de Educação Ambiental e Sustentabilidade

Encantado: Promotora participa do 1º Seminário Regional de Educação Ambiental e Sustentabilidade

flaviaskb

A promotora regional de Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica dos Rios Taquari e Antas, Andrea Barros participou, na última terça-feira, 04, em Encantado, do 1º Seminário Regional de Educação Ambiental e Sustentabilidade, organizado pelas equipes técnicas dos municípios de Encantado e Roca Sales. O evento faz parte das atividades de educação ambiental que devem ser desenvolvidas pelos Municípios que integram o Programa de Recuperação Sustentável da Mata Ciliar do Rio Taquari, conforme TAC anteriormente assinado.

Na ocasião, Andrea Barros apresentou o Programa da Mata Ciliar, propondo reflexões com os presentes acerca da atual situação ambiental no mundo e convidando-os a mudar pequenos hábitos, como o não uso de canudos e sacolas plásticas, a adoção de seu próprio copo ou caneca, que deve ser levado na bolsa, e a adoção dos 3Rs: Reduza, Reuse, Recicle. O objetivo dessas ações, de acordo com a promotora, é diminuir o consumo de produtos novos e, por consequência, de maior exploração de matéria prima e emissão de gases de efeito estufa.

“A educação ambiental é o caminho para que mude a consciência sobre a necessidade da proteção ambiental, já que temos por obrigação preservar o meio ambiente para as futuras gerações. O direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, portanto, transcende a atual geração”, destacou ela em sua fala;

Em sua fala, a biólogas Cátia Viviane Gonçalves, falou sobre água e qualidade de vida. Chamou a atenção para a 'água que não vemos' e que está nos produtos que consumimos. Mostrou, ainda, pequenas atitudes que devem ser adotadas para preservá-la, já que é um bem finito.

Após, a também bióloga Mirian Strate apresentou os Sistemas Agroflorestais - SAFs como uma possibilidade de exploração econômica das matas e florestas, destacando que diversas comunidades tradicionais utilizam o que elas produzem para sobreviver.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Jardim do Trabalhador apresentou os projetos que desenvolve na seara da educação ambiental. Mostrou como é feita a coleta da água da chuva para as atividades externas, o plantio de árvores e coleta seletiva de resíduos, envolvendo toda a comunidade.

À tarde, foi a vez do engenheiro agrônomo Paulo Roberto Rodrigues apresentar o tema “Educação ambiental: lixo”. O professor falou sobre os diversos tipos de resíduos, sua classificação e destino correto.

O engenheiro ambiental Marcel Tellier, do Colégio Teutônia, falou sobre licenciamento ambiental nas propriedades rurais e sustentabilidade ambiental. Ratificou a importância de um licenciamento de toda a propriedade e não apenas da atividade econômica, bem como a necessidade de fiscalização do órgão competente, a fim de evitar contaminação do solo e dos mananciais regionais.

Por fim, os municípios de Colinas, Venâncio Aires e São Valentim do Sul apresentaram as atividades desenvolvidas desde que o Programa da Mata Ciliar começou a ser implementado na região.

“O evento é importante porque, além de realizar a aproximação do PRSMCRT com a comunidade, inclusive a escolar, faz com que os municípios pensem políticas públicas de educação ambiental. Demonstra, também, o engajamento dos municípios com o Programa em si e com o Ministério Público”, concluiu a promotora Andrea.

O próximo evento será realizado em Venâncio Aires na primeira quinzena de 2020.