Menu Mobile

MP de Catuípe expede recomendação para comercialização de peixes

MP de Catuípe expede recomendação para comercialização de peixes

samantha

Na última quinta-feira, 30 de janeiro, a Promotoria de Justiça de Catuípe expediu recomendação à Prefeitura Municipal, no âmbito de uma ação civil pública, para que sejam observadas as normas técnicas que regulam a comercialização de animais vivos (peixes) em feiras promovidas pelo município.

O documento elenca diversos aspectos, entre eles, a necessidade de médico veterinário responsável técnico pelo evento, a obrigatoriedade de emissão de Guia de Transporte Animal (GTA), a inspeção prévia dos produtos de origem animal, condições higiênico-sanitárias do local e de bem-estar dos animais vivos, além do abate humanitário.

Expedida pelo promotor de Justiça Nilton Kasctin dos Santos, a recomendação levou em consideração levantamento fotográfico da 2ª edição da Feira do Peixe Vivo, que demonstrou o desrespeito ao bem-estar dos animais em relação às condições de vida e higiênico-sanitárias do abate e industrialização dos pescados. Tais condições vão de encontro à crescente busca da população por produtos de origem animal que envolvam a redução do sofrimento tanto em relação às condições de criação como de abate.