Líder do esquema foi preso em um hotel de Porto Alegre no dia 06 de dezembro
  • 27/12/2018

Fraude na Saúde de Canoas: MP denuncia oito pessoas por organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro

A Promotoria de Justiça de Canoas e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Núcleo Saúde ofereceram denúncia à 4ª Vara Criminal de Canoas contra oito pessoas pelos crimes de participação em organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro cometidos em virtude dos Termos de Fomento assinados junto à prefeitura de Canoas pelo Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (Gamp) para a gestão do Hospital de Pronto Socorro de Canoas, Hospital Universitá...


Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos...
  • 20/12/2018

MP cumpre mandados de busca e apreensão em investigação de apropriação e desvio de valores do Inter durante gestão 2015/2016

Na manhã desta quinta-feira, 20, a Promotoria de Justiça Especializada Criminal de Porto Alegre e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado - GAECO, com apoio da Brigada Militar, cumprem 20 mandados de busca e apreensão em investigação que apura a ocorrência dos crimes de apropriação indébita, estelionato, organização criminosa, falsidade documental e lavagem de dinheiro durante a gestão 2015/2016 do Sport Club Internacional. Os mandados são cumpridos em residências e sedes ...


Líder do esquema foi preso em um hotel de Porte Alegre
  • 06/12/2018

Operação desbarata organização criminosa que desviou milhões da saúde de Canoas

O Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Núcleo Saúde, juntamente com a Promotoria de Justiça de Canoas e o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, cumpriu, nesta quinta-feira, 06, três mandados de prisão preventiva contra pessoas ligadas ao Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (Gamp). Um dos suspeitos está foragido. Dois agentes públicos da Secretaria Municipal de Saúde de Canoas foram afastados de suas funções pelo período de 12...


Irmãos chegaram a ser presos preventivamente em fevereiro deste ano
  • 24/09/2018

Justiça decreta prisão de empresários suspeitos de fraudes licitatórias em investigações do MP

A pedido do MP, a Justiça de São Leopoldo determinou a prisão preventiva de dois irmãos, que são empresários investigados por operações do Ministério Público que envolvem fraudes a licitações na área do saneamento em diversas cidades do Estado. A determinação da prisão ocorreu na última terça-feira, 18, e os dois são considerados foragidos, já que não foram mais encontrados nas suas residências e locais de trabalho. As residências e empresas dos irmãos foram alvo de busca e apreensão em ...


Operação foi deflagrada no início da manhã
  • 26/06/2018

MP investiga pagamento de propina para aprovação de lei para liberar loteamentos irregulares em Panambi

O Ministério Público, nesta terça-feira, 26, cumpriu 25 mandados de busca e apreensão em estabelecimentos comerciais e residências de investigados na Operação Desdobro. Os mandados fazem parte das investigações instauradas pela Promotoria de Justiça de Panambi, com o apoio do Núcleo de Inteligência do Ministério Público e Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), na qual são apurados crimes de corrupção ativa, passiva e associação criminosa. Segundo investigação, havi...


Mandados de prisão preventiva foram cumpridos...
  • 23/02/2018

MP cumpre prisões e buscas em investigação de fraudes a licitações em São Leopoldo e Alvorada

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Núcleo Região Metropolitana e Taquari – cumpre, nesta sexta-feira, 23, três mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão em São Leopoldo e Alvorada, em uma investigação contra fraudes cometidas em licitações municipais e de uma autarquia estadual. As prisões são contra dois empresários e um servidor municipal de São Leopoldo. <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/4RETsC8PZxg" f...


Cães farejadores buscaram drogas nos locais investigados
  • 28/09/2017

Presas 16 pessoas por envolvimento no tráfico de drogas em Ijuí

Na manhã desta quinta-feira, 28, 16 pessoas foram presas preventivamente e 15 mandados de busca e apreensão cumpridos em duas operações realizadas concomitantemente entre Ministério Público, Brigada Militar e Polícia Civil em Ijuí. As Operações Hydra (do MP e BM) e Contra-ataque (da Polícia Civil) investigam uma organização criminosa cuja atividade principal é o tráfico de drogas. Os suspeitos presos estão envolvidos em sete homicídios ocorridos na região entre março e setembro deste ano, es...


Evento ocorreu na PUCRS
  • 23/08/2017

Coordenador do CaoCrim fala sobre soluções para a segurança pública durante Fórum iRS

O coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal e de Segurança Pública, Luciano Vaccaro, encerrou o ciclo de palestras desta terça-feira, 22, do Fórum iRS – Índice de Desenvolvimento Estadual Rio Grande do Sul, ocorrido na PUCRS. O evento, que é uma parceria entre a universidade e a RBS, teve discussões sobre emprego e renda, educação e saúde, segurança e longevidade. Vaccaro dividiu a mesa de debates com o sociólogo integrante do Fórum Brasileiro de Segurança, Rodrigo Ghiringelli de A...


Arma sem registro e celulares foram apreendidos
  • 22/08/2017

MP investiga advogados que usaram login de policial para acesso indevido ao Sistema de Consultas Integradas

A Promotoria de Justiça Especializada Criminal e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio do Núcleo de Inteligência do MP e da Brigada Militar, cumpriram, na manhã desta terça-feira, 22, mandados de busca e apreensão na residência e escritório de advogados em Porto Alegre e Alvorada. Os advogados são suspeitos de terem utilizado o login e a senha de um policial civil de Alvorada para ter acesso irrestrito ao Sistema de Consultas Integradas. Conforme as...


Procurador-geral de Justiça iniciou a coletiva de imprensa
  • 09/08/2017

Montenegro: prefeito é afastado e empresário preso por fraudes em contratos municipais

O Ministério Público cumpriu, nesta quarta-feira, 9, um mandado de afastamento cautelar por 180 dias contra o atual prefeito de Montenegro, Luiz Américo Alves Aldana, suspeito de fazer parte de uma organização criminosa que atua a partir de fraudes licitatórias em contratos públicos e aditivos de contratos, especialmente para o transporte escolar, terraplanagem e drenagem, revitalização de ruas, obras de capeamento, capina e varrição. Ele não poderá frequentar nenhuma repartição pública muni...


A coletiva de Imprensa em Montenegro...
  • 06/06/2017

MP investiga fraudes em contratos públicos e cumpre medidas de afastamento de servidores em Montenegro

A Procuradoria de Prefeitos, em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco – Núcleo Região Metropolitana, o Núcleo de Inteligência do MP (Nimp), a Promotoria de Justiça de Montenegro e o Ministério Público de Contas cumpriu, nesta terça-feira, 6, 20 mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Montenegro, empresas e residências, além de medidas de afastamento contra três servidores municipais por 180 dias. Ainda, quatro empresários estão proibidos de co...


Produtos devem ser retirados da exposição para a venda em mercados e farmácias
  • 30/05/2017

Ação prende pai e filhos e marcas de fraldas, absorventes e papel higiênico devem ser retiradas do mercado

A Operação ‘Metro a Metro’ prendeu preventivamente, nesta terça-feira, 30, os empresários Delto Fernando Brehm Porto, Rafael Brehm Porto e Samuel Brehm Porto, pai e filhos, respectivamente. Eles foram encaminhados à Penitenciária Modulada de Osório. As prisões ocorreram em uma indústria que estava interditada pela Vigilância Sanitária Estadual e em um galpão clandestino. Nos locais, toneladas de produtos de higiene ainda não quantificadas totalmente foram apreendidas e seus proprietários ass...


Produtos apreendidos na Operação Metro a Metro
  • 30/05/2017

Operação ‘Metro a Metro’ cumpre mandados de busca e de prisão contra fraude em papéis higiênico e toalha

A Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Consumidor e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco – Núcleo Litoral e Região Metropolitana cumprem, na manhã desta terça-feira, 30, três mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão em sete cidades (Três Forquilhas, Terra de Areia, Arroio do Sal, Lajeado, Teutônia, Gravataí e Porto Alegre). A Operação ‘Metro a Metro’ investiga uma série de irregularidades cometidas por um grupo familiar que fabrica pro...


Sede da Promotoria de Justiça Especializada Criminal
  • 15/05/2017

MP investiga advogados que negociaram valores para renunciar ações e prejudicar clientes que processavam operadora de telefonia

A Promotoria de Justiça Especializada Criminal de Porto Alegre, com o apoio do GAECO e da Promotoria de Justiça do Patrimônio Público, cumpriu, no último dia 08, quatro mandados de busca e apreensão em Taquara e um em Porto Alegre, além do sequestro de veículos e imóveis na capital, litoral e interior. A ação decorre de investigações contra três escritórios de advocacia que prejudicaram ao menos dezenas de pessoas em seus processos contra uma operadora de telefonia. Conforme as investigaç...


Irregularidades na gestão da ESP foram verificadas até o início deste ano
  • 15/05/2017

MP investiga crimes em aquisições de materiais e prestações de serviços na Escola dos Serviços Penitenciários

A Promotoria de Justiça Especializada Criminal e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) - Núcleo Capital cumprem, na manhã desta segunda-feira, 15, em Porto Alegre, quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de sequestro de uma motocicleta. Os mandados são a continuação de investigações de ocorrência de crimes como peculato, falsidade documental e lavagem de dinheiro na Escola dos Serviços Penitenciários (ESP). Os crimes teriam ocorrido entre o início de 20...