Menu Mobile

Marcelino Ramos: atendendo pedido do MP, Justiça condena homem a 20 anos de prisão por estupro de vulnerável

Marcelino Ramos: atendendo pedido do MP, Justiça condena homem a 20 anos de prisão por estupro de vulnerável

flaviaskb

A pedido do Ministério Público, a Vara Judicial de Marcelino Ramos condenou, na quinta-feira, 4 de fevereiro, um homem de 68 anos a 20 anos de prisão por estupro de vulnerável contra quatro crianças em um abrigo no município. O promotor de Justiça João Francisco Campello Dill interpôs recurso na quinta-feira, dia 11 de fevereiro, para aumentar a pena imposta ao réu.

Conforme consta na denúncia recebida em 6 de junho de 2018, o acusado trabalhava como cuidador na Associação Marcelinense de Assistência à Criança (AMAECA), instituição que abriga crianças e adolescentes, em Marcelino Ramos. Lá, em diversas oportunidades durante o ano de 2017, o réu praticou ato libidinoso (diverso de conjunção carnal) contra quatro crianças de quatro a onze anos, todas abrigadas na instituição. Além de as vítimas serem menores de idade, uma delas apresenta deficiência mental de grau moderado. Durante a investigação, foram colhidos depoimento das quatro vítimas (incluindo consultas psicológicas) e de 14 testemunhas.