Menu Mobile

Entre em Contato

Para contato com o autor/a de uma das experiências, solicite pelo e-mail caoinfancia@mprs.mp.br

O conteúdo publicado neste espaço é de inteira responsabilidade do autor/a do cadastro da experiência.

Alegrete
Entre 50 e 100 mil
Uruguaiana
Escola
Escola da Vida - Plano de Recuperação de Aprendizagem
Recuperação de aprendizagens

a)Promover intervenções pedagógicas com potencial aplicabilidade ao contexto real de ensino da Escola Estadual de Ensino Médio José Bonifácio; b) Sanar lacunas na aprendizagem diagnosticadas nos instrumentos de avaliação; c) Oportunizar aos discentes revisitar objetos do conhecimento essências para desenvolver competências e habilidades que, anteriormente, não obteve o rendimento necessário; d) Incentivar o desenvolvimento da autonomia do educando no processo de ensino e fenômeno da aprendizagem; e) Possibilitar que estabeleçam relação dinâmica entre objetos do conhecimento provenientes da BNCC/RCG e resolução de situações problema; e) Fomentar a autoconfiança do aluno.

Na E.E.E. M José Bonifácio, aos estudantes, diagnosticados com lacunas na aprendizagem, ofertar-se-á O PLANO DE RECUPERAÇÃO DA APRENDIZAGEM, ação de intervenção pedagógica desenvolvido de forma contínua e paralela, por meio, de instrumentos elaborados com intencionalidade para assegurar o direito a recuperação de aprendizagens, que leva em consideração, tanto às reais necessidades de cada aluno, como a diversidade dos discentes que necessitem do recurso, que encontra amparo legal na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDBEN Lei 9394/96 em artigos 12, 13 e 24. As estratégias que compõem o PRA/JB (Plano de Recuperação da Aprendizagem Escola José Bonifácio) está as seguintes ações estratégicas: envolvê-los no Projeto Escola da Vida - Mão na Massa objetivando despertar a curiosidade dos alunos; tornar mais dinâmico e acessível o material didático; projetos de leitura; utilização de jogos e sala Maker, bem como, o emprego de material concreto (oficinas); além de diversificar estratégias como mostra de trabalhos e parcerias com órgãos e demais instituições de ensino. Vale ressaltar que o PRA/JB, trata-se de uma a proposta de intervenção pedagógica elaborada pela coletividade dos profissionais da educação engajados com o macro objetivo da escola, que abarca a promoção da aprendizagem dos educandos, com lacunas na aprendizagem, decorrentes tanto, de fatores intrínsecos dificuldade na aprendizagem e necessidades educacionais especiais, como, dos fatores extrínsecos distorção idade/série, vulnerabilidade social, busca ativa, entre outros elementos observados em instrumentos de escuta e investigação participante pensado para maximizar o alcance da escola pública, junto aos entes dos treze bairros que circundam a Escola.

O êxito do Plano de Recuperação da Aprendizagem, leva em consideração, tanto o monitoramento constantemente da aplicação da intervenção pedagógica; como a sua execução, que deverá perdurar o ano letivo inteiro, sempre enfatizando a finalidade, ou seja, seguindo os objetivos que abarcam o reforço, assuntos que foram abordados em sala de aula. Os alunos serão avaliados em escala de 0 a 10 e por meio, de parecer descritivo, dependendo do nível de ensino e particularidades do estudante, levar-se-á em consideração engajamento, conquistas e esforços da criança ou adolescente, em cada uma das etapas do Plano de Recuperação da Aprendizagem. Quanto a aprovação, serão aprovados ao final do ano letivo os alunos que alcançarem nota igual ou superior a 6, ou seja, quando o professor por meio das diferentes estratégias voltadas a recuperação, evidenciar que lacunas na aprendizagem foram sanadas e habilidades desenvolvidas de forma satisfatória.

USO DE COOKIES

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação.
Clique aqui para saber mais sobre as nossas políticas de cookies.