Evento marca retomada do Programa de Recuperação Sustentável da Mata Ciliar do Rio Taquari

Evento marca retomada do Programa de Recuperação Sustentável da Mata Ciliar do Rio Taquari

marco

Teve início no dia 30 de junho, em evento ocorrido na Univates, em Lajeado, a retomada do Programa de Recuperação Sustentável da Mata Ciliar do Rio Taquari. Sob a coordenação da promotora regional da Bacia do Taquari-Antas, Andrea Barros, o encontro foi balizador do realinhamento e retomada das ações efetivas para a continuidade do Programa.

Conforme a promotora de Justiça, o alinhamento entre os participantes “é imprescindível para a retomada efetiva” dos trabalhos, que acontecerão, em princípio, por meio de encontros semestrais com os técnicos dos Municípios envolvidos e no Fórum Permanente da Mata Ciliar, com a discussão de temas voltados à efetiva proteção da mata ciliar. “Para estudo e analise de questões envolvendo fauna e flora, o rio será dividido em três regiões: alta, media e baixa”, explicou Andrea Barros.

Quanto à manutenção dos Termos de Ajustamento de Conduta pelo critério técnico, sem entrar na polêmica da inconstitucionalidade do Novo Código Florestal, o tema ainda será debatido e definido no próximo Fórum.

Para o coordenador dos Centros de Apoio Operacionais do Meio Ambiente e da Ordem Urbanística e Questões Fundiárias, Daniel Martini, "a retomada do Programa é importantíssima, uma vez que congrega uma série de instituições para a Recuperação Sustentável das Matas Ciliares, proporcionando a retomada do fluxo gênico de flora e fauna e restaurando os processos ecológicos essenciais”. Conforme o promotor, o Programa também atende a um dos objetivos estratégicos do MPRS, que é a sustentabilidade, conciliando o desenvolvimento e a preservação do meio ambiente, especialmente dos recursos hídricos.

Prêmio CNMP

O Programa de Recuperação Sustentável da Mata Ciliar do Rio Taquari é finalista, este ano, do Prêmio CNMP, criado para dar visibilidade aos programas e projetos do Ministério Público brasileiro que mais se destacaram na concretização dos objetivos do Planejamento Estratégico Nacional do MP.

O projeto concorre com outros dois do Mato Grosso na categoria Indução de Políticas Públicas. O resultado final será apresentado em evento no dia 2 de agosto em Brasília.