Promotora participa de oficina sobre parto humanizado em Porto Alegre

Promotora participa de oficina sobre parto humanizado em Porto Alegre

flaviaskb

Gestores e profissionais que atuam em maternidades de municípios da 2ª Coordenadoria Regional de Saúde participaram, nesta sexta-feira, 09, de oficina que teve por objetivo apresentar a devolutiva dos resultados do Processo Avaliativo – Diretrizes da Rede Cegonha e alinhamento da agenda de trabalho para qualificação das boas práticas de atenção ao parto e nascimento em 2018-2019.

O evento contou com a participação da promotora de Justiça dos Direitos Humanos Márcia Rosana Cabral Bento. De acordo com ela, os MPs Estadual e Federal têm inquéritos civis em andamento e alguns já arquivados, tendo por objeto verificar a implantação das diretrizes do Ministério da Saúde relativas ao parto humanizado em cada uma das maternidades de Porto Alegre.

Para o secretário estadual da Saúde, Francisco Paz, a avaliação do Ministério da Saúde sobre os resultados da estratégia Rede Cegonha é importante e necessária para que se possa aprimorar e consolidar ações que efetivamente melhorem as condições de saúde materno-infantil no Estado. De acordo com ele, este processo deve contribuir para a busca de soluções adequadas e definidas em conjunto com o Ministério da Saúde, Estado e Municípios e os Ministérios Públicos Estadual e Federal.

Também participaram da atividade as representantes do Ministério da Saúde, Carla Kristiane Rocha Teixeira da Silva; do Núcleo da Cidadania do MP Federal, Suzete Bragagnolo; e da secretaria municipal de Saúde, Tatiana Broyer.