Menu Mobile

Faxinal do Soturno: acusado de tentar matar enteado é condenado a 4 anos e 2 meses de prisão

Faxinal do Soturno: acusado de tentar matar enteado é condenado a 4 anos e 2 meses de prisão

flaviaskb

O Tribunal do Júri de Faxinal do Soturno condenou, na última sexta-feira, 30, Eliel dos Santos a quatro anos e dois meses de reclusão em regime inicial semiaberto, pela tentativa de homicídio qualificada do enteado, Ederson Darlei dos Santos da Silva. O Conselho de Sentença votou pela condenação do réu pela tentativa de homicídio, reconhecendo a incidência da qualificadora de recurso que dificultou ou impossibilitou defesa da vítima. Ao longo da sessão, o Ministério Público, representado pelo promotor de Justiça Claudio Estivallet Junior, apresentou, por meio digital, dados relevantes do processo que possibilitaram aos jurados uma maior clareza dos fatos que estavam a ser julgados.

O CASO

O crime ocorreu em 31 de dezembro de 2009 em razão de uma discussão entre Eliel e o enteado. O réu desferiu golpes de foice pelas costas de Ederson, de surpresa. A filha da vítima tentou defender o pai gritando e se colocando em frente a ele e, nesse momento, Eliel disse que, caso a adolescente não saísse, ele mataria os dois. Em seguida, tentou atingir a cabeça da filha de Ederson, mas errou e não conseguiu feri-la.

Os homicídios não foram consumados porque o golpe de foice contra Ederson não foi letal e apenas ocasionou um corte no tórax. Além disso, o réu errou ao tentar golpear a adolescente. As vítimas fugiram do local logo depois das investidas de Eliel, que viu um morador da região se aproximando do local, o que interrompeu seu intuito de matar as vítimas.