Uma pessoa foi presa e dois estabelecimento interditados durante ação da FT Segurança Alimentar em Fazenda Vila Nova

Uma pessoa foi presa e dois estabelecimento interditados durante ação da FT Segurança Alimentar em Fazenda Vila Nova

flaviaskb

Nesta quarta-feira, 13, seis estabelecimentos foram fiscalizados e dois deles acabaram interditados durante operação da Força-Tarefa Segurança Alimentar em Fazenda Vila Nova. Em um terceiro local, apenas a padaria foi interditada. No total, foi inutilizada mais de uma tonelada de alimentos impróprios ao consumo.

Foram fiscalizados pela equipe da FT Segurança Alimentar o Restaurante e Lancheria Britinho, o Restaurante Britinho da Estação Rodoviária, o Supermercado Souza, o Mercado Rede Fort, o Mercado Cardoso e o Mercado Marlisete de Quadros.

Na ação, o Mercado Marlisete de Quadros foi interditado pelos agentes e a proprietária do estabelecimento foi presa em flagrante, por crimes contra as relações de consumo. No local, foram encontrados antibióticos fracionados e cigarros paraguaios sendo comercializados, além de meia tonelada de carne sem refrigeração e produdos escondidos, vários deles, vencidos desde 2014. Os agentes também interditaram o Restaurante Britinho, da rodoviária, e a padaria do Mercado Souza.

Nos estabelecimentos foram encontrados alimentos com prazo de validade vencidos, armazenados de forma irregular, carnes e embutidos fora da temperatura adequada e até insetos e dejetos de animais, além de diversos problemas de infraestrutura e falta de higienização. Em um dos locais, os fiscais encontraram embutidos escondidos em carrinhos dentro de um depósito e, em outro, as carnes estavam armazenadas numa garagem.

Participaram da operação o coordenador do Grupo de Atuação especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO – Segurança Alimentar) Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, a promotora de Justiça de Estrela Andrea Barros, representantes do Seapi, Vigilância Sanitária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal de Fazenda Vila Nova, e Polícia Civil através da Delegacia d do Consumidor (Decon).