Menu Mobile

Entre em Contato

Para contato com o autor/a de uma das experiências, solicite pelo e-mail caoinfancia@mprs.mp.br

O conteúdo publicado neste espaço é de inteira responsabilidade do autor/a do cadastro da experiência.

São Borja
Entre 50 e 100 mil
Uruguaiana
Escola
RECOMPOSIÇÃO DA APRENDIZAGEM
Recuperação de aprendizagens

Desenvolver a realização de diagnóstico para avaliar em qual nível os estudantes estão e posteriormente realizar a seleção de alunos para receberem o atendimento de recomposição de aprendizagem no ambiente escolar. Acolhimento dos estudantes com defasagem na aprendizagem nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática, ao mesmo tempo em que sejam desenvolvidas habilidades cognitivas e socioemocionais. Estimular os estudantes a cultivar uma rotina de estudos através de atendimentos individuais procurando sanar suas dificuldades na aprendizagem escolar. Mobilizar as famílias dos estudantes para que motivem os filhos a estabelecer rotina de estudos no ambiente familiar a fim de que possam evoluir nas questões de aprendizagem. Mobilizar os professores a trabalhar em sala de aula realizando avaliações formativas e intervenções pedagógicas com alunos que estão em diferentes estágios da aprendizagem. Realizar instrumentos que possibilitem a elaboração de diagnóstico para avaliar em qual nível os estudantes estão e posteriormente realizar a seleção de alunos para receberem o atendimento de recomposição de aprendizagem no ambiente escolar. Promover ações que desenvolvam a recomposição da aprendizagem através de atendimentos individuais aos alunos com defasagem cognitiva. Desenvolver as Competências Socioemocionais como fator de proteção à saúde mental e ao bullying. Acompanhar o trabalho dos educadores em sala de aula, de forma a fortalecer a aprendizagem dos alunos que apresentarem dificuldades na aquisição dos conhecimentos e na rotina de estudos. Esclarecer aos alunos e suas famílias a importância de manter uma rotina de estudos como ferramenta para evolução na aprendizagem.

O referido projeto será desenvolvido na escola Cândida Vargas, no período de março a dezembro do corrente ano, através de atendimentos individuais visando a recomposição da aprendizagem dos estudantes nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática ministradas pelo monitor de turma, tendo o acompanhamento de todos os professores, da Equipe Diretiva e das famílias dos estudantes. Os estudantes dos turnos da manhã e tarde que apresentarem dificuldades na aprendizagem receberão atendimento individualizado pelo monitor de turma sendo duas vezes na semana, tempo de trinta minutos para cada estudante. Como recursos serão utilizados: jogos, materiais impressos e materiais escolares do próprio estudante. O apoio pedagógico na aprendizagem será feito de modo a desenvolver conteúdos personalizados para cada nível de ensino como sendo uma proposta para a recomposição de aprendizagem considerando que cada estudante apresenta um ritmo diferente e dificuldades específicas.

Considerando que a recomposição de aprendizagem é um direito do estudante e abarca mais estratégias, para além da mitigação das perdas de conteúdo, ela considera etapas de avaliação diagnóstica, acolhimento, readaptação e uso de diferentes metodologias. O desenvolvimento de habilidades socioemocionais são um conjunto de competências que contribuem para a convivência com os outros e para o relacionamento consigo mesmo, espera-se que através da recomposição da aprendizagem também sejam proporcionadas aos estudantes melhores condições para que haja uma evolução nas relações intrapessoais e interpessoais nos distintos grupos sociais, como família, ambiente educacional e social. Assegurar que os estudantes estejam dentro da escola, recuperando os conteúdos perdidos é fundamental para a melhoria não somente da educação, como da vida pessoal e relacional dos estudantes. Garantir a qualidade de ensino é um objetivo inegociável tanto dos profissionais da educação como das instituições. Através de ações desenvolvidas neste projeto espera-se que os estudantes possam evoluir nos aspectos emocionais, cognitivos e relacionais. Ao término de cada ação desenvolvida será feita avaliação através de compartilhamento de experiências e vivências com a participação dos alunos, professores e pais. Serão realizados registros individuais com as evoluções dos estudantes. As sugestões apresentadas pelos envolvidos no projeto serão compartilhadas entre os participantes e em conjunto serão planejadas as ações de melhoria.

USO DE COOKIES

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação.
Clique aqui para saber mais sobre as nossas políticas de cookies.