Karin Sohne Genz é empossada como procuradora de Justiça

Karin Sohne Genz é empossada como procuradora de Justiça

marco

O Órgão Especial do Colégio de Procuradores empossou, em sessão solene realizada na manhã desta segunda-feira, 29, Karin Sohne Genz como procuradora de Justiça. Presidida pelo procurador-geral de Justiça, Marcelo Lemos Dornelles, a cerimônia ocorreu na Sala dos Órgãos Colegiados.

Após a abertura da sessão e leitura do termo de posse, a cargo da promotora-assessora Martha Weiss Jung, o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Paulo Emilio J. Barbosa, parabenizou a assunção de Karin Sohne Genz no cargo de procuradora, falando em nome do Órgão Especial. Após destacar as Promotorias onde ela atuou, o subprocurador Jurídico destacou que Karin Sohne Genz “vem para somar forças” na atuação da Instituição no 2º Grau e “lutar por um Ministério Público mais forte e independente”.

Em seguida, a nova procuradora de Justiça destacou que sua atuação no Ministério Público é, sobretudo, “uma história de amor”, onde ingressou em 1990. Como lembranças marcantes de sua atuação como promotora de Justiça citou o primeiro júri em Sobradinho, as viagens semanais que fazia entre Vacaria e Esmeralda para encaminhar procedimentos de aposentadoria dos trabalhadores rurais e as audiências carregadas de emoção nas Varas de Família de Canoas.

Adiante, Karin Sohne Genz destacou que, em seus 27 anos de atuação na Instituição, teve a oportunidade de conhecer comunidades carentes de atenção e de políticas públicas comprometidas com seu bem-estar. Diante deste quadro, frisou estar convencida de que “cada membro do MP precisa se envolver com os anseios de sua sociedade e oferecer a melhor solução para seus muitos problemas e carências”, uma vez que “este é o porquê da existência do MP”.

Por fim, o procurador-geral de Justiça destacou a trajetória de Karin, principalmente nos dois últimos anos, quando exerceu a função de Chefe de Gabinete. Conforme Marcelo Lemos Dornelles, ela é uma pessoa sensível e que sempre desempenhou a função com “absoluta confiança”, passando à chefia da Instituição a tranquilidade necessária para que o trabalho fosse feito a contento.

O PGJ aproveitou também a ocasião para agradecer aos integrantes do Órgão Especial que “ajudaram a construir soluções” nestes dois anos de sua gestão que está terminando.

A sessão, que foi presidida pelo procurador-geral de Justiça Marcelo Dornelles e secretariada pela promotora-assessora Martha Weiss Jung, contou com a presença do corregedor-geral do MP, Ivan Saraiva Melgaré, e dos procuradores de Justiça Sérgio Guimarães Britto, Paulo Emilio Jenisch Barbosa, Claudio Domingos Mastrangelo Coelho, Jacqueline Fagundes Rosenfeld, Sara Duarte Schütz, Luiz Henrique Barbosa Lima Faria Corrêa, Cláudio Barros Silva, Maria Ignez Franco Santos, Luiz Claudio Varela Coelho, Irene Soares Quadros, Vera Lúcia Gonçalves Quevedo, Delmar Pacheco da Luz, Suzana Silveira da Silva, Lisiane Del Pino, Maria Cristina Cardoso Moreira de Oliveira, Roberto Divino Rolim Neumann, Altamir Francisco Arroque, Juanita Rodrigues Termignoni, Ana Rita Nascimento Schinestsck, Airton Michels, Alceu Schoeller de Moraes, Cesar Luis de Araújo Faccioli e Dirce Carvalho Soler.

Também prestigiaram a posse de Karin Sohne Genz os subprocuradores-gerais Ana Petrucci e Fabiano Dallazen; o presidente e vice da AMP, Sérgio Harris e Martha Beltrame; familiares e servidores. Após a posse, ocorreu sessão normal do Órgão Especial.