Notícias

22/10/2010 - Crime

Homem condenado por tentar matar o cunhado


Crime ocorreu em Criúva, distrito de Caxias do Sul

O crime ocorreu na madrugada do dia 25 de outubro de 1997

O Tribunal de Júri de Caxias do Sul condenou, em julgamento realizado nesta quarta-feira, 20, o agricultor Demari Antonio Capellini, a quatro anos em regime aberto, por tentativa de homicídio contra o seu cunhado Neri Moacir Magnabosco.

O crime ocorreu na madrugada do dia 25 de outubro de 1997, no interior da Capela Santa Bárbara, em Criúva, distrito de Caxias do Sul. Segundo a acusação, representada pela promotora de Justiça Sílvia Regina Becker Pinto, no dia do fato, Neri Magnabosco encontrava-se em um jantar no interior da capela. Após Demari Capellini avistar o cunhado durante a janta, Capellini esfaqueou Neri, causando-lhe várias lesões corporais, colocando a sua vida em perigo. A vítima, foi submetida a cirurgia de urgência com hemorragia interna. O crime de homicídio não se consumou pois a vítima recebeu atendimento médico em tempo.

A sessão de julgamento foi presidida pela juíza Milena Fróes Rodrigues Dal Bó. Na acusação, atuou a promotora de Justiça Silvia Regina Becker Pinto. Na defesa, os advogados Douglas Dal Zotto, Vanderlei José Rech e Emanuela Rech.



Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul
Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 - Porto Alegre - CEP.: 90050-190 - Tel.: (51) 3295-1100